Avançar para o conteúdo principal

THOMAS MANN - MORTE EM VENEZA

Thomas Mann - Der Tod in Venedig


"A sua cabeça acompanhava lentamente, no recosto da cadeira, o movimento da figura deambulando lá longe; agora erguia-se, como que a receber aquele olhar, e acabou por se deixar cair sobre o peito, de modo que os olhos se levantavam para ver, enquanto o rosto tomava a expressão descontraída e pensativa de um sono profundo. Mas tinha a sensação de que o psicagogo pálido e adorável lhe sorria lá adiante, lhe acenava; que, saltando a mão da anca, apontava para longe, antes da se abalançar pelos ares rumo a uma imensidão carregada de promessas. E, como tantas vezes já, fez menção de se erguer para o seguir.




Publicado em 1912, este breve e perfeito romance é unanimemente considerado como um dos vértices da extraordinária produção narrativa de Thomas Mann.




coleção mil folhas - Público - novembro de 2002

Comentários

Popular semana

LEV GROSSMAN - O CÓDICE SECRETO

PAUL WATZLAWICK - A REALIDADE É REAL?

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA

VIRGINIA WOOLF - AS ONDAS

SIMONE DE BEAUVOIR - O SANGUE DOS OUTROS

Popular mês

SIMONE DE BEAUVOIR - O SANGUE DOS OUTROS

ROGER SCRUTON - GUIA DE FILOSOFIA PARA PESSOAS INTELIGENTES

LEV GROSSMAN - O CÓDICE SECRETO

PAUL WATZLAWICK - A REALIDADE É REAL?

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA

MO HAYDER - A ILHA DOS PORCOS

THOMAS PYNCHON - ARCO-ÍRIS DA GRAVIDADE

NASSIM NICHOLAS TALEB - O CISNE NEGRO

ALFREDO MELA - A SOCIOLOGIA DAS CIDADES

MATTHEW PEARL - O CLUBE DE DANTE

popular sempre

THOMAS PYNCHON - ARCO-ÍRIS DA GRAVIDADE

A ERA DOS EXTREMOS - ERIC HOBSBAWM

MARGUERITE DURAS - OLHOS AZUIS, CABELO PRETO

HENRY MILLER - TRÓPICO DE CÂNCER

ROBERTO BOLAÑO - 2666

THÉOPHILE GAUTIER - O ROMANCE DA MÚMIA

ARUNDHATI ROY - O DEUS DAS PEQUENAS COISAS

DIETRICH SCHWANITZ - CULTURA tudo o que é preciso saber

NICK COHEN - O QUE RESTA DA ESQUERDA?

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA