Avançar para o conteúdo principal

ANTONIO TABUCCHI - AFIRMA PEREIRA

ANTONIO TABUCCHI - AFIRMA PEREIRA
SOSTIENE PEREIRA

A vida do senhor Pereira decorria sem contratempos de maior. Trabalhava na página cultural de um diário de Lisboa, comia omeleta de queijo, tinha o vício de beber limonada, falava com a fotografia da sua falecida esposa, visitava ocasionalmente o padre António. E pensava na morte. Pereira vivia no Portugal de Salazar, não tendo o governo nada a ver com ele, nem ele com o governo. Pereira gostava mais do passado: os obituários, a literatura antiga, os escritores já mortos. Por afinidades literárias, Pereira entra em contacto com Monteiro Rossi, um jovem que o ajuda profissionalmente e que lhe mostrará outros aspectos da vida, entre os quais Marta, a sua noiva. Entre os três nasce uma relação intensa, que marcará a vida de Pereira.
Com uma hábil utilização da palavra e através das alusões políticas ao governo Salazarista, Tabucchi expõe um passado recente. Fá-lo por meio de pereira, um cordial, a quem o leitor se afeiçoa quase sem dar conta.
Pereira foi interpretado por Marcello Mastroiani no filme que recria esta maravilhosa obra. 

público - novembro de 2002

 

Comentários

Popular semana

WOLFGANG HILDESHEIMER - AS AVES DO PARAÍSO TAMBÉM SÃO FALSAS

SIMONE DE BEAUVOIR - O SANGUE DOS OUTROS

ANGÉLICA VARANDAS - MITOS E LENDAS CELTAS - IRLANDA

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA

ARMAND MATTELART - HISTÓRIA DA UTOPIA PLANETÁRIA

Popular mês

SIMONE DE BEAUVOIR - O SANGUE DOS OUTROS

WOLFGANG HILDESHEIMER - AS AVES DO PARAÍSO TAMBÉM SÃO FALSAS

ALBERTO MORAVIA - OS INDIFERENTES

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA

PAUL WATZLAWICK - A REALIDADE É REAL?

ANGÉLICA VARANDAS - MITOS E LENDAS CELTAS - IRLANDA

FRANZ KAFKA - CONTOS

JEAN PAUL SARTRE - COM A MORTE NA ALMA

ALFREDO MELA - A SOCIOLOGIA DAS CIDADES

JORGE MOLIST - O ANEL A HERANÇA DO ÚLTIMO TEMPLÁRIO

popular sempre

THOMAS PYNCHON - ARCO-ÍRIS DA GRAVIDADE

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA

SIMONE DE BEAUVOIR - O SANGUE DOS OUTROS

A ERA DOS EXTREMOS - ERIC HOBSBAWM

HENRY MILLER - TRÓPICO DE CÂNCER

MARGUERITE DURAS - OLHOS AZUIS, CABELO PRETO

ROBERTO BOLAÑO - 2666

THÉOPHILE GAUTIER - O ROMANCE DA MÚMIA

ARUNDHATI ROY - O DEUS DAS PEQUENAS COISAS

DIETRICH SCHWANITZ - CULTURA tudo o que é preciso saber