Avançar para o conteúdo principal

MARGUERITE DURAS - OLHOS AZUIS, CABELO PRETO

MARGUERITE DURAS - OLHOS AZUIS, CABELO PRETO
LES YEUX BLEUS, CHEVEUX NOIRS

Em pleno Verão, uma mulher alta e esbelta espera no vestíbulo de um hotel de praia. Dirige-se a ela um estrangeiro de olhos azuis e cabelo negro. Produz-se um encontro alegre e temeroso entre os dois. Entretanto, um homem veste um fato demasiado caro observa a cena de fora, pela janela. Atraído pela beleza do estrangeiro, o homem elegante não repara no rosto nem na figura da mulher. Mais tarde, ao encontrar-se com ela num café, a mulher já está só, mas o homem elegante ignora que é a jovem que estava com o estrangeiro.
A partir desta cena de desamor, fascínio e equívoco, Marguerite Duras constrói uma poética história de ausências, dor e falta de comunicação. A mulher alta, esbelta e já solitária continua próxima do homem elegante: ambos sofrem quando o estrangeiro se vai embora e ambos procuram consolar-se, mas a comunicação entre ambos não pode ser completa.     

público - agosto de 2002


Comentários

Popular semana

LEV GROSSMAN - O CÓDICE SECRETO

PAUL WATZLAWICK - A REALIDADE É REAL?

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA

VIRGINIA WOOLF - AS ONDAS

SIMONE DE BEAUVOIR - O SANGUE DOS OUTROS

Popular mês

SIMONE DE BEAUVOIR - O SANGUE DOS OUTROS

ROGER SCRUTON - GUIA DE FILOSOFIA PARA PESSOAS INTELIGENTES

LEV GROSSMAN - O CÓDICE SECRETO

PAUL WATZLAWICK - A REALIDADE É REAL?

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA

MO HAYDER - A ILHA DOS PORCOS

THOMAS PYNCHON - ARCO-ÍRIS DA GRAVIDADE

NASSIM NICHOLAS TALEB - O CISNE NEGRO

ALFREDO MELA - A SOCIOLOGIA DAS CIDADES

MATTHEW PEARL - O CLUBE DE DANTE

popular sempre

THOMAS PYNCHON - ARCO-ÍRIS DA GRAVIDADE

A ERA DOS EXTREMOS - ERIC HOBSBAWM

HENRY MILLER - TRÓPICO DE CÂNCER

ROBERTO BOLAÑO - 2666

THÉOPHILE GAUTIER - O ROMANCE DA MÚMIA

ARUNDHATI ROY - O DEUS DAS PEQUENAS COISAS

DIETRICH SCHWANITZ - CULTURA tudo o que é preciso saber

NICK COHEN - O QUE RESTA DA ESQUERDA?

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA