Avançar para o conteúdo principal

PAUL AUSTER - INVISÍVEL

Paul Auster  Invisível
Invisible

1ª edição - outubro 2009
edições asa

Sinuosamente construído em quatro partes entrecruzadas, o décimo quinto romance de Paul Auster começa em Nova Iorque, na Primavera de 1967, quando o jovem aspirante a poeta Adam Walker conhece Rudolf e Margot, um enigmático casal francês. O perverso triângulo amoroso que rapidamente se forma conduz a um chocante e inesperado acto de violência cujas consequências serão irreversíveis.
Três narradores contam uma história que se desloca no tempo, de 1967 a 2007, e no espaço, à medida que viaja entre Nova Iorque, Paris e uma ilha remota nas Caraíbas. Invisível está imbuído de fúria, de sexualidade desenfreada e de uma busca implacável por justiça. É uma viagem através das fronteiras sombrias entre verdade e memória, criação e identidade. Uma obra inesquecível pela mão de um dos nomes cimeiros da literatura dos nossos dias.

Invisível, Invisível, Invisível, Invisível, Invisível, Invisível, Invisível, Invisível, Invisível, Invisível,   

Comentários

Popular semana

WOLFGANG HILDESHEIMER - AS AVES DO PARAÍSO TAMBÉM SÃO FALSAS

SIMONE DE BEAUVOIR - O SANGUE DOS OUTROS

ANGÉLICA VARANDAS - MITOS E LENDAS CELTAS - IRLANDA

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA

ARMAND MATTELART - HISTÓRIA DA UTOPIA PLANETÁRIA

Popular mês

SIMONE DE BEAUVOIR - O SANGUE DOS OUTROS

WOLFGANG HILDESHEIMER - AS AVES DO PARAÍSO TAMBÉM SÃO FALSAS

ALBERTO MORAVIA - OS INDIFERENTES

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA

PAUL WATZLAWICK - A REALIDADE É REAL?

ANGÉLICA VARANDAS - MITOS E LENDAS CELTAS - IRLANDA

FRANZ KAFKA - CONTOS

JEAN PAUL SARTRE - COM A MORTE NA ALMA

ALFREDO MELA - A SOCIOLOGIA DAS CIDADES

JORGE MOLIST - O ANEL A HERANÇA DO ÚLTIMO TEMPLÁRIO

popular sempre

THOMAS PYNCHON - ARCO-ÍRIS DA GRAVIDADE

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA

SIMONE DE BEAUVOIR - O SANGUE DOS OUTROS

A ERA DOS EXTREMOS - ERIC HOBSBAWM

HENRY MILLER - TRÓPICO DE CÂNCER

MARGUERITE DURAS - OLHOS AZUIS, CABELO PRETO

ROBERTO BOLAÑO - 2666

THÉOPHILE GAUTIER - O ROMANCE DA MÚMIA

ARUNDHATI ROY - O DEUS DAS PEQUENAS COISAS

DIETRICH SCHWANITZ - CULTURA tudo o que é preciso saber