Avançar para o conteúdo principal

ARMAND MATTELART - HISTÓRIA DA UTOPIA PLANETÁRIA

da cidade profética à sociedade global

« O mercado global está agora em condições de triunfar, onde os grandes impérios e as grandes religiões falharam: na fusão de todos os seres humanos com a comunidade global»; este leitmotiv alimenta os discursos das novas elites da economia mundializada que não param de proclamar que os negócios ajudam a manter a paz produzindo um mundo melhor. Daí o interesse, por forma a dissipar as ambiguidades e os falsos semblantes do discurso mundializante, de voltar à história da utopia planetária.



editorial bizâncio 1ª edição outubro 2000


Comentários

Popular semana

NASSIM NICHOLAS TALEB - O CISNE NEGRO

MATTHEW PEARL - O CLUBE DE DANTE

CHARLES FORT - O LIVRO DOS DANADOS

LE CLÉZIO - A FEBRE

SIMONE DE BEAUVOIR - O SANGUE DOS OUTROS

Popular mês

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA

MATTHEW PEARL - O CLUBE DE DANTE

BRYAN WARD-PERKINS - A QUEDA DE ROMA E O FIM DA CIVILIZAÇÃO

MO HAYDER - A ILHA DOS PORCOS

NASSIM NICHOLAS TALEB - O CISNE NEGRO

SIMONE DE BEAUVOIR - O SANGUE DOS OUTROS

PAUL WATZLAWICK - A REALIDADE É REAL?

GONÇALO M. TAVARES - UMA VIAGEM À ÍNDIA

YUVAL NOAH HARARI - HOMO DEUS

JEAN PAUL SARTRE - COM A MORTE NA ALMA

popular sempre

THOMAS PYNCHON - ARCO-ÍRIS DA GRAVIDADE

A ERA DOS EXTREMOS - ERIC HOBSBAWM

HENRY MILLER - TRÓPICO DE CÂNCER

ROBERTO BOLAÑO - 2666

MARGUERITE DURAS - OLHOS AZUIS, CABELO PRETO

THÉOPHILE GAUTIER - O ROMANCE DA MÚMIA

ARUNDHATI ROY - O DEUS DAS PEQUENAS COISAS

DIETRICH SCHWANITZ - CULTURA tudo o que é preciso saber

NICK COHEN - O QUE RESTA DA ESQUERDA?

ARNOLD HAUSER - HISTÓRIA SOCIAL DA ARTE E DA LITERATURA